A classe média serve, mas apenas em “determinadas condições de pressão e temperatura”!

BandeiraInicio este texto afirmando que estou longe da dita “direita reacionária”, bicho papão dos órfãos do comunismo, este último responsável pelas piores ditaduras por todo o mundo. Esclareço, pois não demorará a chegar a crítica baseada no maniqueísmo da década de 60 (àquela época com alguma razão) que dividia o país entre os ditadores e os revolucionários.

O que me apavora, após a 6ª manifestação em São Paulo, é encontrar textos na internet que atribuem as manifestações mais pujantes ao MPL. Não! O passe livre se tornou apenas mais uma das pretensões dessa massa que foi às ruas. Massa formada não apenas por ideólogos de esquerda ou de direita, mas por todos que não aceitam os desmandos na política brasileira. Um punhado de gente que reclamou, reclama e reclamará por mais ética e probidade na política. Um grupo de cidadãos que, finalmente, resolveu exercer a cidadania.

Apesar dessa “frente ampla”, parece que alguns (repito: alguns!) organizadores ou simpatizantes do MPL querem desmerecer as novas pautas. Voltam a afirmar que o movimento é da classe operária e não da classe média e da elite, como se estas duas não estivessem cansadas da baderna institucionalizada. Querem, repito, dividir a sociedade, enfraquecer o movimento e atribuir as glórias apenas a si mesmos. Lamentável!

Talvez temam perder representação conquistada nos governos que tentam combater. Talvez não saibam como conter os ânimos daqueles que querem algo além de R$ 0,20. Talvez sejam os mesmos que pretenderam retomar o maniqueísmo pichando o Theatro Municipal com os dizeres: “Fogo na burguesia!”.

Por quê não unem todas as classes em prol de um país melhor? Estão presos à justificativa da luta de classes? Não se juntam com quem emprega, apenas com quem é empregado? Triste, mas essa espécie de comportamento, que apenas busca repartir a sociedade, e advém de pequena parcela da multidão que foi às ruas, parece querer algo que a maioria não quer!

Em face de tantos motivos, peço – se é que estou em condição de pedir algo! – que os manifestantes verdadeiros busquem incutir neste povo sofrido uma cultura democrática que implique o acompanhamento das pautas do Congresso e demais casas legislativas, que não se cale em face dos desmandos do Poder Executivo e que saiba reclamar às instituições competentes o correto funcionamento de nosso Estado. Afinal, se muitos não queriam, acordaram o povo, dentre outros fatores, para manifestar pela rejeição da PEC 37.

Intelectuais que se dizem de esquerda afirmam que a classe média não presta neste país. Marilena Chauí – que também é da classe média e que respeito muito como professora -, é uma das que rotineiramente afirmam isso. Também acredito que a classe média deve ser mais participativa. Porém, se quando ela participa o movimento recua, fica difícil entender o que esperam. Parece que não querem perder a eterna bandeira, segundo a qual o problema deste país está na classe média! Quando ela comparece, querem sua saída!

Classe média: demonstremos que temos voz e também não nos acomodamos com um país que padece nas mãos de políticos que, embora eleitos por nós, parecem esquecer que por trás de cada voto há um eleitor!

Luiz Fernando de Camargo Prudente do Amaral, Advogado, Professor da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo e da Faculdade de Direito da Universidade Paulista, Doutorando e Mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Especialista em Direito Público pela Escola Paulista da Magistratura, Especialista em Direito Penal Econômico e Europeu pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra-Portugal, Presidente da Comissão de Direito Econômico da 93ª Subseção da OAB/SP – Pinheiros, associado ao Instituto Brasileiro de Ciências Criminais – IBCCRIM e à Associação Nacional de Direitos Humanos, Pesquisa e Pós-Graduação – ANDHEP, autor de livros e artigos jurídicos, mantenedor do site http://www.cidadaniadireitoejustica.wordpress.com.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: