A pior inveja é a inveja entre homens! A carta de Alberto Goldman é a maior prova disso…

psdb-logoUm famoso tucano abriu “fogo amigo” – ou nem tanto – contra o presidente do PSDB, o Sen. Aécio Neves. Não é novidade que o PSDB de São Paulo sempre exerceu protagonismo no PSDB nacional. FHC e Serra, legatários de Covas e Montoro, sempre se posicionaram de forma a manter a supremacia do “tucanato paulista”. Quando a “casta bandeirante” sente que seu poder está em jogo, ainda que os interesses nacionais sejam a pauta, certamente manifestam alguma objeção.

Aécio Neves assumiu a presidência do PSDB após anos de enorme influência do PSDB paulista. Tive a oportunidade de afirmar que os tucanos precisavam renovar os cargos maiores do partido. Ainda que Sérgio Guerra e Jereissati tenham exercido a presidência do PSDB, é inegável que ambos foram “mandatários” dos tucanos paulistas.

O senador mineiro trouxe a oxigenação necessária ao PSDB. Aécio Neves é, a meu ver, dentre os tucanos atuais, o que ostenta a melhor e maior capacidade de articulação. A política depende disso. Os “pavões tucanos” de São Paulo jamais tiveram a capacidade necessária para negociar com o resto do país e, talvez mais importante, com as diversas siglas que se apresentam no Congresso Nacional. Aécio, em grande medida, pode significar a salvação do PSDB. Não é “bairrista”. Aliás, ao lado dele encontramos quadros como Cássio Cunha Lima, representante da Paraíba que pode ampliar o diálogo no PSDB.

Fui e sempre serei crítico de todo e qualquer partido que se pretenda regional. Partidos com pretensão real devem ser nacionais. Aécio Neves representa essa pretensão. Cansa-me os diálogos entre “quatrocentões paulistanos”. Precisamos de uma compreensão nacional à Social Democracia Brasileira.

Essas razões ficaram ainda mais claras a partir da “carta aberta” de Alberto Goldman. Nela, Goldman afirma que o PSDB não tem um projeto de poder. Não sei as razões que o levaram a afirmar algo tão forte. Imagino que o ostracismo seja a maior razão. Afinal, enquanto Aécio, Aloysio e Serra estão no Senado, Goldman não ostenta qualquer posição política relevante. Nesse sentido, a “inveja de homem” pode ser um motivo.

Em face das afirmações de Alberto Goldman, que já ocupou cargo de vice do Executivo em SP, Cássio Cunha Lima, líder partidário, sustentou, com razão, que se Goldman estivesse mais envolvido na política tucana não teria afirmado o que afirmou. De fato, conheço diversos políticos que, relegados ao ostracismo, optaram por atacar suas antigas siglas. Salvo melhor juízo, Goldman é mais um deles. Assim como aqueles que não têm mais voz, pela própria trajetória, Goldman prefere atacar o partido que integra ao invés de agregar.

Triste saber que a vaidade supera o interesse público. Não tenho – até o momento – filiação político-partidária. Assim, posso afirmar que, caso tivesse, jamais faria essa espécie de crítica absolutamente estéril. Afirmar que o PSDB não tem projeto ao país é ignorar toda a campanha de Aécio à Presidência da República. Felizmente, Aécio Neves consegue equalizar as diferenças entre os tucanos. Na democracia, é possível que filiados se manifestem contra o próprio partido ao qual estão filiados. O caso de Goldman, porém, apesar do respeito que lhe devoto, demonstra a “inveja de homem”, talvez a pior que pode existir.

Tive oportunidade de criticar a postura da oposição em diversos temas. Entretanto, jamais seria leviano a ponto de sustentar que Aécio Neves e o PSDB não têm um projeto de país. Não sinto inveja de Aécio Neves. Ao cAécio Neves Luiz Amaralontrário, lhe presto meu sincero apoio. Goldman, talvez como Marta Suplicy, busca negar suas origens, ainda que isso pareça infantil. Defendo a postura do Dep. Carlos Sampaio, pois sou adepto de uma oposição mais aguerrida. Isso está longe de representar, contudo, minha desaprovação à liderança exercida por Aécio Neves.

A política não é feita apenas pelo hoje. Há fatos passados e fatos futuros. Goldman parece buscar os “holofotes do hoje” ao atacar, gratuitamente, Aécio Neves. É uma pena saber que alguém com experiência política se preste a esse papel desesperado. Mesmo sem ser, formalmente, tucano, apoio Aécio Neves. Divergências são da política. Ataques “fatricidas”, porém, podem significar o que há de pior na vaidade humana. Assim, se posso sugerir algo a Alberto Goldman e a seus seguidores, ouso sugerir que, antes de proferirem “ofensas gratuitas” que buscam a projeção pessoal, preocupem-se com o país. Como sempre afirmo, homens passam e partidos e instituições permanecem!

Não sei se um dia terei filiação político-partidária. Isso não está descartado! Porém, independente disso, sempre estarei a favor do Brasil, esteja eu no partido “a” ou “b”. Assim, quando noto que um tucano, uma vez mais, busca posar de “pavão”, sinto enorme pesar. Acredito que Goldman pode dar mais ao Brasil do que essa simples demonstração de “inveja masculina”, a pior das espécies de inveja.

Luiz Fernando de Camargo Prudente do Amaral, Advogado, Professor da Faculdade de Direito da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), da Faculdade de Direito da Universidade Paulista e de programas de pós-graduação em instituições de  ensino superior, Doutorando e Mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Especialista em Direito Público pela Escola Paulista da Magistratura, Especialista em Direito Penal Econômico e Europeu pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra-Portugal, Presidente da Comissão de Direito Econômico da 93ª Subseção da OAB/SP – Pinheiros, associado ao Instituto Brasileiro de Ciências Criminais – IBCCRIM e à Associação Nacional de Direitos Humanos, Pesquisa e Pós-Graduação – ANDHEP, autor de livros e artigos jurídicos, mantenedor do site http://www.cidadaniadireitoejustica.wordpress.com.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: