A eleição para a Prefeitura de São Paulo está aberta. Por quê?

Eleições SPAs últimas pesquisas sobre a eleição para a prefeitura de São Paulo demonstram que o resultado nunca foi tão incerto. Comparando a última e a penúltima, verificamos que o líder Celso Russomanno teve expressiva queda, apesar de seguir na liderança. O candidato do PRB conta com ¼ das intenções, isto é, algo próximo de 25% dos votos. Na sequência, Marta, Erundina, Haddad e Doria aparecem tecnicamente empatados. Matarazzo surge com 4%, na última posição entre os “prováveis”.

Mas por que a eleição está aberta? A primeira razão diz respeito à chance de Russomanno não poder ser candidato. O pré-candidato foi condenado por peculato e seu recurso, com parecer desfavorável do Procurador-Geral da República, pode ser julgado de modo a atrapalhar Russomanno, caso a condenação seja mantida. Nessa hipótese, para quem irão tais votos? Com quem ele deverá se coligar?

Por outro lado, caso Russomanno não seja julgado a tempo de gerar óbice à sua candidatura, a condenação e pendência de recurso serão fartamente exploradas na campanha. Em tempo de ética na política, dificilmente a liderança será mantida. Os fatos serão explorados. Vale lembrar que não se trata de acusação, mas sim de condenação. A liderança de Russomanno, mais uma vez, parece não se manter até “o dia do voto”.

Para além da análise a respeito do líder nas pesquisas, temos um segundo lugar bastante embolado. As chances de Marta, Erundina, Haddad e Doria devem ser avaliadas com base na estrutura dos partidos. Dentre os quatro, Erundina é prejudicada nesse quesito. Está no PSOL, partido pequeno que se mostra atrelado a uma espécie de ideologia de esquerda bastante atrasada. As intenções de voto em Erundina se devem ao fato de a pré-candidata já ter sido prefeita de São Paulo e, apesar do atraso, manter uma imagem – que me parece real – de probidade. Mas o pequeno espaço para sua campanha implicará enorme prejuízo. Alguns segundos de televisão são insuficientes para manter Erundina na colocação que ocupa nas últimas pesquisas.

Marta Suplicy tem um bom recall e também já foi prefeita. O preço de ser conhecida, porém, está na alta rejeição, fator determinante nas eleições. Está no PMDB e terá apoio do governo federal capitaneado por Michel Temer. Se não errar na campanha, tem boa chance de chegar ao 2º turno. Especula-se, inclusive, uma aliança entre Marta e Matarazzo. Marta pode ganhar com a aliança se Matarazzo não integrar a chapa como vice. Terá o apoio do PSD de Kassab – o político sem posição – e não apresentará a absurda incoerência de um ex-tucano figurar na chapa. Se Matarazzo for vice de Marta, os adversários terão enorme margem para críticas. Afinal, Matarazzo foi um dos mais veementes críticos da prefeitura de Marta, assim como Kassab, principal cacique do PSD.

Haddad é prefeito e tem a máquina para trabalhar. Todavia, está no PT, cuja imagem não precisa de profunda avaliação. O Partido dos Trabalhadores será o maior perdedor nas eleições municipais de 2016. Os escândalos de corrupção inundaram a sigla. Além disso, Haddad conseguiu ser um dos prefeitos com pior índice de avaliação positiva. Cheio de ideias, mostrou falta de planejamento, incoerência e inércia durante sua gestão. Isso pesará contra o prefeito. A alta rejeição é o principal fator negativo.

Doria é um “outsider”. Não tem o desgaste do “político profissional” e pode surpreender com programas que busquem a eficiência na Administração Pública. Após tumultuada participação nas prévias do PSDB, o empresário acabou vencendo no primeiro e no segundo turno. Matarazzo abandonou o partido e “saiu atirando” de mãos dadas com Alberto Goldman que já foi indicado por Kassab para vaga nos Correios.

Por enquanto, os maiores adversários de Doria são os ex-tucanos que não se conformaram com sua escolha pelo partido. Para a população paulistana, contudo, Doria é o novo nessa eleição. As intenções de voto tendem a aumentar, afinal, trata-se da candidatura com maior número de coligações. Os maiores partidos estão com Doria (PSB, PPS e DEM). Isso implica afirmar que Doria terá amplo espaço em programas eleitorais. Além disso, por significar a “novidade”, não tem grande índice de rejeição e ainda precisa ser conhecido pelos eleitores.

Por fim, cabe comentar que Bruno Covas será o vice na chapa do PSDB. Esse fato tende a amenizar críticas feitas pela ala dos “ex-tucanos”. No final das contas, o que pesará é a presença de um Covas na chapa, fato que deve trazer identidade ao PSDB e tende a demonstrar o intuito de renovar a sigla.

Avaliando o atual cenário, dois são os candidatos que parecem congregar fatores positivos: Marta e Doria. Se ambos não errarem nas campanhas, têm boas chances. Todavia, é bom saber que o “jogo eleitoral” nem sequer começou. Amanhã, 24.07.16, ao menos PSDB e PRB farão convenções para homologar as chapas. A corrida está aberta. Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos. A política tem sido pautada pelo imponderável. A cada semana o cenário se altera.

Luiz Fernando de Camargo Prudente do Amaral, Advogado, Professor da Faculdade de Direito da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), da Faculdade de Direito da Universidade Paulista e de programas de pós-graduação em instituições de ensino superior, Doutor e Mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Especialista em Direito Público pela Escola Paulista da Magistratura, Especialista em Direito Penal Econômico e Europeu pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra-Portugal, Presidente da Comissão de Direito Econômico da 93ª Subseção da OAB/SP – Pinheiros, mantenedor do site http://www.cidadaniadireitoejustica.wordpress.com.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: