Ainda sobre a vitória de Doria…Uma avaliação sob a perspectiva política e partidária

joao-doriaO PSDB inovou na escolha do candidato a prefeito para a eleição municipal em SP neste ano. A medida, ainda que mereça aprimoramentos, o que é natural tendo sido uma das primeiras prévias reais, serviu para mobilizar a militância partidária. Ao contrário de outras siglas, o PSDB não tinha a cultura de consultar de maneira efetiva os filiados na escolha dos candidatos para eleições voltadas ao Poder Executivo. Doria, Matarazzo e Trípoli protagonizaram o 1º turno das prévias. Doria e Matarazzo seguiram para o 2º turno.

Doria compreendeu a lógica das prévias. Soube conquistar os militantes. Fez uma brilhante campanha dentro do partido. Matarazzo, contudo, trazia a velha ideia que sempre esteve presente no partido. Imaginou que sua trajetória era suficiente para conquistar a condição de candidato. Nada mais equivocado. Ao contrário daquilo que Matarazzo pensou, a militância não se identifica com ele tal como ele pensava. Na verdade, Matarazzo não imaginava que precisaria conquistar militantes tucanos. Não acreditou nas prévias. Acreditou no “argumento de autoridade” e perdeu. Aliás, perdeu duplamente.

Quando Doria se lançou, decidi apoiá-lo. Duas questões moveram meu apoio. O PSDB nunca fez novos quadros. Essa é uma triste constatação sobre a política brasileira. As eleições tucanas sempre foram protagonizadas pelos mesmos quadros. A “juventude tucana” prova essa realidade. Há inúmeros quadros, bons quadros, que já estão próximos dos 40 anos e que prosseguem trabalhando para os mesmos caciques. Nenhum partido vive sem renovação. Doria topou o desafio e inverteu essa lógica. Além disso, e este é o segundo ponto, a candidatura de Doria deve promover a valorização de jovens quadros tucanos, bem como renovar a ideologia partidária. Doria não teme defender a desestatização. Doria tirou o PSDB do muro! Em SP, o PSDB passa a ter uma clara e boa posição!

Minha avaliação se mostrou acertada! Aguentei muitas críticas. Criticaram minha escolha afirmando que João Doria não era um político. Ele também foi eleito por isso! Além desse ponto, sustentavam que Doria não conquistaria os votos da periferia. Ele seria “muito coxinha”!

Essa divisão entre “coxinhas” e “mortadelas” é objeto de propaganda. O cidadão da periferia quer votar naqueles que mostram condições de conferir maior eficiência aos serviços públicos. Ser rico não é vício, não é pecado! Ao contrário, todos buscamos o sucesso e parte dele se dá com conquistas materiais. A periferia não precisa votar em falidos e nem deve fazê-lo. João Doria pode e deve recuperar o papel paradigmático de bons políticos. Estamos cansados de políticos que apenas vivem da política.

Alberto Goldman passou do ponto na briga interna no PSDB. Mostrou, uma vez mais, que não tem a menor condição de figurar como um quadro leal ao partido. Pensa em si mesmo e no seu reduto! Matarazzo foi contaminado por essa mal resolvida inveja de Goldman. Matarazzo tem preparo e sempre foi avaliado como um excelente quadro. Todavia, alimentado por posicionamentos como aquele ostentado no radicalismo de Goldman, resolveu deixar o PSDB, de maneira absolutamente imatura, aderindo à campanha de Marta. Nada mais equivocado. Afundou a candidata do PMDB e protagonizou um dos episódios de maior incoerência da política paulistana. Ouso afirmar que Matarazzo sofreu péssima influência de alguns quadros do PSDB que acabaram por queimá-lo nessa briga interna. Matarazzo foi usado, mas também foi arrogante e ingênuo nessa artimanha toda!

João Doria se manteve tranquilo. Observou e cumpriu as regras das prévias, apesar das críticas de seus adversários que, ao contrário de Doria, não acreditaram nas prévias e não souberam lidar com essa nova realidade. O ataque de alguns tucanos a Doria se deu e se dá em razão disso. João conheceu as regras, acreditou na oportunidade e trabalhou na maneira correta. Conquistou sua candidatura! Tem méritos pessoais inegáveis, sobretudo por ter conseguido se eleger no 1º turno.

O PSDB tem muito a agradecer a João Doria. Os tucanos passaram por inegável oxigenação na eleição municipal paulistana de 2016. Saíram fortalecidos e devem apoiar a gestão Doria na Prefeitura de SP. Matarazzo dificilmente atingiria os 15%. Se fosse o candidato tucano, garantiria um 2º turno entre Haddad e Marta. Nada pior para o tucanato. Se o PSDB perdesse a eleição em SP, dificilmente teria fôlego para se reerguer. São Paulo é uma vitrine na política brasileira. Se todos os tucanos trabalharem conjuntamente pelo êxito da gestão Doria, o partido ganhará, mas, acima de tudo, o país aprenderá um novo modelo de gestão.

João Doria tem todas as condições para mostrar ao país um novo modelo de Estado. A cidade de São Paulo pode e deve ser um paradigma à nova gestão pública. O atraso ideológico dos “filhos do Estado”, que vivem mamando nas tetas do governo, está com os dias contados. Doria precisará de uma boa equipe e de ampla interlocução com a sociedade paulistana. Esses dois fatores garantirão o sucesso de sua gestão. Acima de tudo, um prefeito deve estar atento às necessidades dos munícipes. No âmbito municipal, a boa prestação de serviços públicos e o atendimento de demandas sociais de zeladoria são os pontos cruciais para o sucesso de uma gestão.

Luiz Fernando de Camargo Prudente do Amaral, Advogado, Professor da Faculdade de Direito da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), da Faculdade de Direito da Universidade Paulista e de programas de pós-graduação em instituições de ensino superior, Doutor e Mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Especialista em Direito Público pela Escola Paulista da Magistratura, Especialista em Direito Penal Econômico e Europeu pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra-Portugal, Presidente da Comissão de Direito Econômico da 93ª Subseção da OAB/SP – Pinheiros, mantenedor do site http://www.cidadaniadireitoejustica.wordpress.com.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: